Espera

Espera!
Não saias assim
Não foi o fim que viste
Não foi nem sombra dele
Foi uma pequena ilusão
Sentir-te longe da minhas mãos
Sentir o frio entrar em mim
É que hoje acordei sem ti…

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

2 respostas a Espera

  1. Desculpa tive de sair mais cedo… Mas está lindo!

  2. Anonymous diz:

    tou a ver que a inspiração té de volta. Continua.

Os comentários estão fechados.