Arquivos Mensais: Novembro 2005

Falta música em mim

Falta músicaQuando fecho os olhosAcreditar que os heróisOs muros, os caminhos e os sorrisosQue antes ouvia na músicaÉramos nós Comecei mal contigoEscolhi a música por tiE acreditei que a letra falava de nósA música é mais bonitaAs palavras, as notas … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

>Closer

>DesculpaDançava contigo este slowE fechava os olhosNa esperança que os meus pensamentosA rodopiarem em mimVoassem tão loucos para tiE te deixassem assim DesculpaSaboreava o teu cabeloComo sendo meuMeu sangue e minha vidaAssim simples como as palavrasEstas que ele vai dizendoE … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Closer

DesculpaDançava contigo este slowE fechava os olhosNa esperança que os meus pensamentosA rodopiarem em mimVoassem tão loucos para tiE te deixassem assim DesculpaSaboreava o teu cabeloComo sendo meuMeu sangue e minha vidaAssim simples como as palavrasEstas que ele vai dizendoE … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

>Dança de palavras

>Não podemos falarA poesia não se faz assimPrimeiro pensas e depois escrevesE cada palavra é desenhadaNão podes tu falarPara que as palavras se desenhem em mimE para que as nossas mãos escrevamNão posso falarAs minhas palavras não são poemasE os … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Dança de palavras

Não podemos falarA poesia não se faz assimPrimeiro pensas e depois escrevesE cada palavra é desenhadaNão podes tu falarPara que as palavras se desenhem em mimE para que as nossas mãos escrevamNão posso falarAs minhas palavras não são poemasE os … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

>Pontos

>Faltam pontos na vidaFaltam pontos no fim do caminhoQue mostrem que cheguei ao fimFaltam pontos de partidaMuitos caminhos começam não sei ondeComeçam muito antes de mimMuito caminhos ficamPerdidos em reticênciasEra bom haver parágrafosNão quero o finalQuero partir de um novo … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Pontos

Faltam pontos na vidaFaltam pontos no fim do caminhoQue mostrem que cheguei ao fimFaltam pontos de partidaMuitos caminhos começam não sei ondeComeçam muito antes de mimMuito caminhos ficamPerdidos em reticênciasEra bom haver parágrafosNão quero o finalQuero partir de um novo … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários