Arquivos Mensais: Novembro 2006

>Lua, estás aí?

>Escreve-me esta noite aquela mensagemAquela em que o meu sonho se deitaE me faz viajar em ti Escreve-me no escuro e no silêncioE desperta-me os sentidos Ilumina a noite com o teu brilhoE faz vibrar as estrelasFaz correr o vento … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Lua, estás aí?

Escreve-me esta noite aquela mensagemAquela em que o meu sonho se deitaE me faz viajar em ti Escreve-me no escuro e no silêncioE desperta-me os sentidos Ilumina a noite com o teu brilhoE faz vibrar as estrelasFaz correr o vento … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

>Pano de fundo

>Vi-te abrir a porta mais uma vezEu que tanto esperava ser a ultima vezVi levantar o pano para mais um encoreE não é de aplausos que te receboE nunca de pé te faloE se em algum momento ouves BravoSegue-se Como … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Pano de fundo

Vi-te abrir a porta mais uma vezEu que tanto esperava ser a ultima vezVi levantar o pano para mais um encoreE não é de aplausos que te receboE nunca de pé te faloE se em algum momento ouves BravoSegue-se Como … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

>Como

>Como posso saber o nosso caminhoSe apagas cada passo que dásComo posso saberQue cor têm as tuas palavrasSe tapas os meus olhos com silêncioComo posso saber que me chamasSe te vejo partir a cada momentoComo posso estar aíSe já foi … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Como

Como posso saber o nosso caminhoSe apagas cada passo que dásComo posso saberQue cor têm as tuas palavrasSe tapas os meus olhos com silêncioComo posso saber que me chamasSe te vejo partir a cada momentoComo posso estar aíSe já foi … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | 3 Comentários

>Sim

>SimE abraças a minha vida no beijoRecebo de ti uma nova horaE cada momento é nosso aliSimE o sorriso não sabe o que fazerAs lágrimas correm em tiE o corpo não se senteSimNão há ninguémFinalmente o nosso olhar faz diaE … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized