Arquivos Mensais: Outubro 2007

>De adeus

>Posso pedir que me beijesSem querer que me amesE tu amares-me sem me beijaresE de repenteAbrirmos a porta do quartoE sabermos que não é nossa a vontadeMas do corpo em sede de corpoNa presença do desejoE esquecermos os pedidosE roubarmos … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

De adeus

Posso pedir que me beijesSem querer que me amesE tu amares-me sem me beijaresE de repenteAbrirmos a porta do quartoE sabermos que não é nossa a vontadeMas do corpo em sede de corpoNa presença do desejoE esquecermos os pedidosE roubarmos … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

>Fais peur ton ombre

>Fais peur ton ombreDans elle je oublie ton sourireEt le silence me fait trembler Manquent tes couleurs dans ma routeEt les cris que me guidentNe me font pas marcher Souffle seulement un peuPour faire tomber ces motsEt jouer des blagues

Publicado em Uncategorized

Fais peur ton ombre

Fais peur ton ombreDans elle je oublie ton sourireEt le silence me fait trembler Manquent tes couleurs dans ma routeEt les cris que me guidentNe me font pas marcher Souffle seulement un peuPour faire tomber ces motsEt jouer des blagues

Publicado em Uncategorized

>Veja Amor

>Veja amorA noite se escondeuA voz do seu amor já foiE levou o seu perfumeSente amorNo seu olhar fechadoNão mora nem memória da minha corNem a linha do meu perfumeToca amorSeu coração vazioSeu mundo bem despidoSua rua toda nuaÉ meu … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Veja Amor

Veja amorA noite se escondeuA voz do seu amor já foiE levou o seu perfumeSente amorNo seu olhar fechadoNão mora nem memória da minha corNem a linha do meu perfumeToca amorSeu coração vazioSeu mundo bem despidoSua rua toda nuaÉ meu … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

>Vem comigo

>Vem comigoSentar na estrada e pedirPedir de olhos abertos e mão no chãoPedir que seja chuva e não calorPedir e ver sorrirE depois correr sem pararCorrer a procurarCorrer quase a voarCorrer para não cair

Publicado em Uncategorized