>Beija-me

>Beija-me
Não me deixes quando te quero
Não saias antes de ser dia
Não quero que seja dia
Não hoje
Não vás
Beija-me
Não pode amanhecer já
Não é justo que a noite seja tão pequena
E se chover
E o céu no seu negro trovejar
Fizer parecer que a noite se estende
Ficas?
Quer dizer, podemos ser mais um pouco de noite
Olha
No meu olhar já é muito mais que dia
Mas aqui dentro
Abraça-me forte
Não me deixes respirar mais do que o teu cheiro
Não quero
Fica!

Deito-me sobre as tuas palavras

Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.