Arquivos Mensais: Maio 2008

>Flor

>Estende a mãoCaminha lentamente a meu ladoO que os teus olhos quiseremA nossa mão alcançaráSe for uma tábua para atravessar um rioEu juntarei a mão à tuaE em nós nascerá a ponteDo teu sorrisoDo meu desejoE da vontade que nos … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Flor

Estende a mãoCaminha lentamente a meu ladoO que os teus olhos quiseremA nossa mão alcançaráSe for uma tábua para atravessar um rioEu juntarei a mão à tuaE em nós nascerá a ponteDo teu sorrisoDo meu desejoE da vontade que nos … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

>Aqui

>Amanhã quando te encontrarCorro para os teus braçosE beijo-te sem pensarDepois de olhos fechadosDigo-te o que sinto nas minhas mãosE como sei que é contigo que quero estarE a sorrir desapareço para junto das nuvensAmanhãVou chamar por ti dentro de … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Aqui

Amanhã quando te encontrarCorro para os teus braçosE beijo-te sem pensarDepois de olhos fechadosDigo-te o que sinto nas minhas mãosE como sei que é contigo que quero estarE a sorrir desapareço para junto das nuvensAmanhãVou chamar por ti dentro de … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

>Porque gosto de ti

>Porque gosto de tiE por issoDeito-me na relva a pensarA sentir a sombra de um dia passarE voltar de novo a vontade de amarE descobrir no silêncio o cheiroE deixar que a noite invada tambémE se deite a meu ladoE … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Porque gosto de ti

Porque gosto de tiE por issoDeito-me na relva a pensarA sentir a sombra de um dia passarE voltar de novo a vontade de amarE descobrir no silêncio o cheiroE deixar que a noite invada tambémE se deite a meu ladoE … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized