Arquivos Mensais: Março 2010

Gostava de te ter aqui

Como gostava de saber-te de novo nos meus sonhosE encontrar a tua boca perdida nos meus dedosE beber do gosto doce da tua pele em mimMolhada e friaEncostada ao manto ofegante da respiraçãoEscutar o imperativo do teu desejo no meu … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Vela ao vento

Não sou de vento não souSe me deixo partir nas tuas mãosE delas saio para o meu caminhoE de novo me deixo agarrar ao teu sorrisoE me deito nas lágrimas só minhasEmbalado em velas enfunadas do teu silencioE acordo emaranhadoEntre … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Saber de ti

Vim ver-te nas minhas palavrasNão estavasFui procurar as fotografiasE não te conheciSentei-me em silêncioE o que antes inundava a minha peleHoje é a memória de saberSabe bem fechar os olhos contigo

Publicado em Uncategorized

Como queria

Ah como queriaDeitar-me na erva molhadaEsperar aquele frio tomar conta da roupaDepois invadir o corpoE poder só ficar a sentir a natureza entrar na pele Ah como queriaTomar uma erva na bocaE sorver o gosto amargo e ácidoE sentir o … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Nos meus dedos

Peguei numa janela friaEmbaciei o vidroE com o meu dedo desenhei o que quis verDepois espreitei por elaE sorriTodo o mundo me parecia agoraEnvolto na marca dos meus dedosO encanto que queria dar ao diaEstava afinal na pericia do meu … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized