Arquivos Mensais: Abril 2010

Tu

EuEspero a noite enquanto acordoE o dia quando anoiteceEspero ver-te quando saisE não estar para te receber EuEm silêncio te faloE em gritos me caloE espero em desesperoE nele me acalmo EuSem saber onde estás descubro-teE amo-te sem saberes quem … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Ao pé de ti

Ao pé de ti não há nuvensNem tão pouco corre o tempoAo pé de ti há sabor de laranjaE cheiro a JasmimE há aquela flor que sem saber o nomeEu escolhi para tiE tu sem saberes quem deuPensaste em mimAo … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Quando te conheci

Quando te conheciOs teus passos seguros davam vontade de seguirO teu riso aberto ao mundoE o teu amor sinceroEram aquele sabor de maresiaQue por mais que não o vejamosNão nos deixa sair deleDepois vinham as palavrasPassava horas a ouvir-teMesmo quando … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Tower

Publicado em Uncategorized

Sonho

Gosto da tua parte da noiteCom a madrugada levantadaE a humidade deitada sobre nósTe levantas lentamenteCaminhas no teu passo de silêncioE vens beijar o meu olharCom aquele doce perfume da tua bocaE o meu sono que parecia profundoAcorda só para te … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Sombra

Havia um silêncio mais fundoQue o escuro da noiteE nele dormia escondidaA sombra do adeus A espera do tempo corriaNa noite passadaE nela vinha a memóriaDo que te dissera Teimava o sono em não virPara te calarA voz que gritava … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Antes do dia

Antes que abram as floresE que nasça o sol no teu diaAntes que a madrugada nos deixeE o nosso calor seja esquecidoAbraça-me de novoE adormece comigo outra vezAntes que o dia seja verdadeE que se separem as nossas horas Antes … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Aguarela

Hoje pintava um quadro só de te verEnquanto o teu olhar se guiava pelas ondasReparei no brilho de luz em tiE o silêncio esteve cheio de calorAquele que nos adormece e acalmaE nem com as palavras do novoNem com a … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Página 2

Para te verChamei o sol num dia chuvaAgitei o mar para me iluminarE fiz o vento revoltoDesprender os cabelosE colorir de brilho o meu olharPeguei na areia da praiaE transformei a cor em espelhoE iluminei todo o diaE o verde … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Primeira página

Vou escrever-te um livro E vou deixar guardado Vou plantar uma arvore e ver crescer E vou calmamente caminhar do teu lado Até que a árvore nos possa abrigar E que o livro que te escrevo Te sacie e abrace … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized