Arquivos Mensais: Janeiro 2011

O teu imenso mar

Publicado em Uncategorized

No mar

Sento-me de novo no porto No mais estável sitio que conheçoDiante de mimO tenebroso mar imenso do teu olharComeças pelas simples palavrasE ja ouço o chapinhar dos leves passos de criançaDepois vem o silêncio e sentem-se as primeiras gotasEscorrem como … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Do teu no meu

Andam os passos devagarCaminham leves sem tocarVão da direita à esquerdaPassam sem cruzarNão tocam nem se tocamNão marcamMas deixam sentir cada pedaçoDepois roçam ao de leveSimplesmente para marcaremRoçam e vão roçandoDepois num instante agarram-seComo se ali tivessem nascidoE nessa altura … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

A minha amiga paixão

A minha amiga paixãoVeio ver-me outro diaEntrou de rompante pela mãoApertou o coração para o agitarDeitou-se um pouco no peito para o ofegarE escaldou a face só parar aquecerDeu duas voltas à cabeçaPuxou pelos cantos da bocaPontapeou a energia para … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Praia

Na tua praia Ousei caminhar livre sem tiPisei cada pedaço como um pecadoCaminhei por entre a espumaE senti a chama do erro tocar-me a peleEm tantos momentos vi o mar ser acidoE o escoar da agua nas pedras o murmurio … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Notas

Mão na mãoCorpo encostado ao tomUm pé em cada notaE a voz sobre o cabeloRoda a luz sobre cabeçaRoda o corpo sobre o corpo Uma nota que se soltaE cai o tom no péAbana o mi e o réPassa o dó em dobroE … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

A ti

Encontrei-te num raio de sol

Publicado em Uncategorized