Arquivos Mensais: Junho 2011

Não quero razão

De que serve a razãoSe a vontade não passaE o desejo teima em chamar por tiQue se dane o preto sobre o brancoSe a fome do corpo é encher de coresE abraçar-te e sermos de novo Quero fomeNão quero sanidade e … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Bate à porta

É maravilhoso o teu oláE as flores que levas no olharE que se repetem na boca e nas palavras É de sonho o teu andarE é no sonho que te vejo e falo E de repente és tu o meu pensamentoE … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Noite

Esta noite quando chegaresPega a minha mão e chama-me amorLeva a tua boca à minha e acorda-me no teu saborDeixa a tua mão descobrir-me entre os lençoisE ser o teu corpo a respirar o meu cheiroNão precisas sentir o que … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

O mágico

O mágico tomou em sua mão a varinhaEsculpiu no ar o seu desejoEnfeitou o espaço de estrelasEsperou que a noite voltasse a brilharFez do mar o seu chapéuE ergueu ao céuA Lua branca como pombaEnvolveu-a em perfeitas nuvensE num unico … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Luz

A secreta luz do teu olharBrilhou para mim de novoNum leve fulgor de uma faulhaNum breve suspiro do teu encantoE eu amanheci por um momento Tão breve o teu encantoTão pequeno o meu desejoLevou-nos a pressa de quererAté ao beco … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Posso?

Posso pegar de novo no nosso livro E lentamente descobrir quem fomos E as páginas dobradas Também servem para serem lidas E aquelas outras que arrancaste para eu não ler Ou simplesmente porque a raiva te obrigou E aquelas onde … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Para ti

Para o teu marEu dou o calor que dele faz sair o vaporE coloro o céu de arco-íris Para o teu céuEu dou o vento solto de calorE de perfume de verão Para o teu pedaço de terraEu dou frutos … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized