Arquivos Mensais: Setembro 2011

Mea culpa

Não queiras nunca acreditar Que te amo tudo aquilo que te escrevo Já houve a quem escrevesse apenas por não amar Já houve a quem amasse sem nunca lhe escrever Já houve tanto amor em palavras que escrevi E que … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Tu

Porque um poema não te pode tocar hoje mais do que as minhas mãos já o fizeram, escrevo-te numa frase longa e desmanchada em virgulas, em pontos e nos espaços todos que quero, para deixar claro que ainda estou a ouvir … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

10

A 10 passos de ti sem te verA 10 dias de te encontrarA 10 horas de te ouvirA 10 simples minutos de distânciaA 10 segundos de partirE nem em desespero te procurei, chamei e toquei

Publicado em Uncategorized

Janela

Não podes dizer que tudo são pedras e ruasque todos podemos caminhare no momento em que abro a portafechas a janela pelo lado de foraembacias o vidroe com o teu dedo desenhas um novo caminho e parteso sol devora o … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Um brinde

Por mim, por ti e em ti Pela boca e pelo beijo Na noite, na paz e no desejo Na força e na vontade E no teu imenso amor Na alegria e no carinho Nessa mão que me acompanha Me … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Ways

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Olhares

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário