Arquivos Mensais: Agosto 2012

Linhas

Há linhas que não se tocam E linhas que só se encontram numa fotografia Há linhas que se descobrem depois de terem passado E outras há que não se deve nunca passar Há linhas que nem escritas se conseguem ler … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Descobertas

Lembro- me quando corríamos atrás do nosso amor Por entre amigos e simples conhecidos E acabávamos tantas vezes entre nós a encontrar a sorte Lembro-me quando sem pensar nem querer Trocávamos o que não encontrávamos em outros E acabávamos sem … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Garimpeiros do mar

Há homens que procuram no mar o seu ouro E quando as pedras erguem ao sol Agitam-se as águas devagar E delas saem ao vento As chuvas doces do inverno Há passos que constroem na areia Caminhos novos de encontros … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Vento

Escolhi do vento a sombra da saudade Entrelacei com cuidado as palavras Guardei as musicas junto das sensações E retirei delas as palavras de encantar Fui às margens de cada uma das saudades E colhi as mais finas memórias Fui … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Pen friends

As noites em que nos descobrimos foram sempre mais do que os dias em que nos encontrámos nas palavras. Mas nem por isso as palavras nos descobriram tanto como os encontros das nossas noites. A distâncias das nossas noites sempre … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário