Arquivos Mensais: Dezembro 2012

“Conhecer-me-às inteira, quando fores metade de mim”

Shhhh Não fales Vê apenas o mar Sente como ele dança E vê como as pedras à sua frente se encantam com o encontro Ouve-as sorrir Vê como elas dão ao mar o som E como o mar as amolece … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

“os bons amigos não te deixam fazer coisas estúpidas, sozinho”

Esconde as tuas mãos nas minhas Fecha os olhos E lentamente descobre o meu silêncio em ti Agora respira tão devagar quanto possas Até que nem saibas que respiras E que nem o coração perceba o que fazes Depois lentamente … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Amor negro

Quando a noite diz que o teu olhar me deixou E as partes esquecidas da madrugada se deitam Quando as razões adormecem antes das palavras dormirem E as mãos acordam antes das razões se mostrarem Essa é a tua deixa … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

O reino animal

O meu coração é uma raposa que não se sabe mostrar Corre entre a sombra do sorriso E um esconderijo para te observar Deita-se nas vagas do desejo Perde-se em abraços e em beijos E quando sabe que estás perto … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Saudades

Que saudades Que imensas saudades desse teu olhar em mim E desse tão brilhante céu Que só junto de ti se mostra Que saudades Que saudade imensa vem Quando do mar chega o teu cheiro E das mãos se descobre … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Cores

Escolhe duas cores Pega na primeira para o amor Na segunda para a paixão Escreve sem pensar com a segunda E decora as partes falhadas das letras com a primeira Depois com força Escreve um nome que desejes com a … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

És tu?

Todos os amanheceres têm o teu nome O teu perfume e a tua voz Todas as tardes despertam saudades Do calor do teu abraço Todas as noites são de encontros Nos sonhos que nos descobrem E este amanhecer Traz um … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized