“Conhecer-me-às inteira, quando fores metade de mim”

Shhhh
Não fales
Vê apenas o mar
Sente como ele dança
E vê como as pedras à sua frente se encantam com o encontro
Ouve-as sorrir
Vê como elas dão ao mar o som
E como o mar as amolece e abraça
É assim que também eu quero ser em ti
Umas vezes mar para te fazer sorrir
Outras pedra para me abraçares

Como o mar
Eu sou apenas água se me faltar a areia e as pedras
E sou apenas terra se o mar não me beijar
Metade de mim é mar e outra é pedra
E as duas precisam de ti
Quando as encontrares
Serei tua

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s