Arquivos Mensais: Junho 2013

Das roupas

Há demasiadas roupas que trago vestidas Umas vesti para me esconder Outras para agradar E outras sem pensar acabaram por ficar De noite quando me dispo Encontro outras que nem conhecia Despe cada uma das peças que não te pertencem … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Agora

Sem pensar Chamo por ti de olhos fechados E nas estrelas tento escrever Deito búzios escrevo em folhas que dou ao vento Toco musicas e escondo pássaros E quando já só o tempo me der ouvidos Paro o relógio Para … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Não fales Não ouças Escuta apenas as minhas mãos em ti Sente cada pedaço da pele O calor o sangue e a energia O meu mar junto do teu Não te travo o caminho Não puxo nem arrasto Estou simplesmente … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Quando gosto

Gosto quando escreves amor em duas palavras E quando sem falar chamas por mim Gosto da noite em que te descubro Quando sonho, quando te ouço e quando te sinto em silêncio Gosto quando me sei sozinho E te sinto … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

A noite

A noite inteira em mim é madrugada em teu olhar É forte é fria e é mais devagar A escolha do teu nome é história de encantar E a roupa que te despe é uma escolha sem pensar É rápida … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Fábulas

Nas fábulas da memória Há um beijo que se desperta No mais simples do teu olhar E há um abraço que te dou Sem dele saber que quero Nas fábulas da memória Viajo contigo de coração E entro em ti … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Memórias

A noite A tão grande noite do teu olhar Desprendeu-se do encanto E deixou a beleza da imensidão Rompia tão cedo a alvorada Tombavam folhas e frutos Levadas no peso da noite feita água O pássaro solitário Descobria-se único no … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized