Arquivos Mensais: Julho 2013

Juro

Não quero um título Nem tão pouco um prefácio Quero ser Poema em sangue vivido Em pele suado Em palavras cuspidas De ódio de amor e de vontade Por todas as letras Quero sentir o punho fechar a raiva E … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Acordar

De noite Quando eras ainda alegria Passavas e o meu coração batia Muito antes de à janela chegares Eu esperava A tua beleza encantada Da pele de sol marcada E do sal que te saía da voz E sorria Para … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Matei a saudade

Matei a saudade com a minha mão Peguei-lhe no riso No olhar doce e nas palavras meigas Embrulhei-as num papel gasto E deixei-as num canto esquecido Tirei das gavetas As histórias gastas As pedras e sonhos guardados Juntei-lhes os presentes … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Fim da saudade

Tenho a saudade na mão Presa na minha razão Nesta sina do passado Trago-a sempre ao meu lado Para a ouvir como num fado Chorada em solidão Não a vejo, nem a sinto Trago-a só como um cinto Para me … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Feliz no olhar

As letras das tuas palavras começam pelo fim Não se detém nem se perguntam Fecham as portas que não existem E apagam as histórias por construir Correm até sem pressa Mas ultrapassam o tempo de uma frase Ondulam graciosas Entre … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Convite

Cerro os olhos Fecho os braços em redor do teu pensamento Escrevo em nuvens e papel Grito à janela Grito em silêncio Mando-te musicas Dou-te encontros imprevistos com palavras minhas Mas não descubro outra forma de te chamar E por … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Despedidas

3 partes de mim partiram Sem que as pudesse agarrar Uma foi na madrugada O sonho descoberto do teu olhar E o sabor de ti na minha boca Outra deixou-me de tarde A memória do nosso encontro E o encanto … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized