Arquivos Mensais: Janeiro 2014

O teu sonho em mim

A noite é verdade Em silêncio Na escuridão Quando o sonho se descobre em ti E o meu olhar se perde no teu corpo Entregue ao leve sopro do teu respirar Sinto em mim o teu ondular Os passos do … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

O nome da vida

Abriu-se uma porta a que se chamou olhar Sem mãos que a chamassem Sem surpresas que se esperassem Correu-se o trinco e chamou-se desejo Rápido intenso e certeiro Atrapalhado em inconsciência Mas tão direito quanto dita a verdade Rodou-se o … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Olá

Mil formas de dizer amo-te Escolho olá E milhões de vezes digo olá E milhões de pessoas me ouvem dizer amo-te E o olá que é teu Ninguém nunca consegue ouvir Olá

Publicado em Uncategorized

Nada sei

Da química Nada sei além de uns símbolos Do coração Posso colocar o dedo onde sei que pode estar De borboletas Conheço as cores e as formas simples das asas Do amor Nada mais sei Que ouvir-te no olhar Conhecer-te … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Para amar

Para amar Não preciso mais que ter linhas de mar Um sorriso na pele Um beijo no olhar Dois dedos de verdade e um pouco de encanto Uma pitada de paixão Entre suaves murmúrios de coração E a terminar Sorver … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Vi-te num pano

Não sabia Estranho o desconhecimento deste meu arrepio E sirvo-te a minha vontade Num simples olhar Descreves a descrença num sorriso E desmanchas em palavras o meu beijo Escolho um silêncio branco Para cobrir de um véu o teu olhar … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized