Arquivos Mensais: Outubro 2014

Onde se esconde a verdade descobre-se a realidade

Descobri na mancha escura da verdade Um silêncio escuro Coberto por uma densa fuligem de incertezas Como se de um novelo de finos fios de mentira se tratasse E se aninhassem palavras já mortas Detive o olhar naquela nuvem E … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Teu dia em mim

Tantas vezes vieste ao meu pensamento Que por momentos Pensei que corrias no tempo do meu relógio Lado a lado com os segundos Escrevi cem vezes o teu nome Entre frases feitas de verdades Números redondos perfeitos Sem nunca te … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Forte a parte errada

A noite é forte em silêncios É fraca em quereres verdadeiros E a manhã É uma montra suja de desejos De olhares difusos E longas palavras vazias E eu Enquanto o tempo passa Escrevo em silêncio o teu nome E … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Um livro

Peguei num livro sem páginas E escrevi Teus olhos já não sorriem assim Rasguei Teus olhos ficaram num sonho breve Na memória da manhã não os descobri Escondi Teu olhos em mim se fecharam e deles não resta luz Guardei … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized