Arquivos Mensais: Janeiro 2015

O que quero

O que quero és tu Não é apenas o fino contorno da tua boca Desenhado pela ponta dos meus dedos No agitado sonho do desejado O que quero és tu Inteira nas horas directas do sol O que quero Não … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Pergunto

Queres amar-me? Assim como não fosse o dia tão cedo amanhecer E não fosse o nosso olhar descobrir Que a verdade da vontade Cega a verdade da realidade Como podes vir perguntar-me agora do amor? Escondi o pensamento no primeiro … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized

Sorri

Falaram-me de ti hoje Não ouvi o que disseram Parei no teu nome Sorri Como um doce que se descobre na boca Desculpa o pobre verso Não te sei escrever sem me perder E perdido fiquei no pensamento Sorri Ao … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized