Arquivos Mensais: Novembro 2015

A voz do palco

A minha voz é o meu palco E nas tábuas que piso Marco em vincos e rangeres O que sei e sinto E não preciso de plateia Nem camarotes reais Mas todos os olhares são público E cada um Amo … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized