>Last dance

>Vi-te dançar ontem diante de mim
Olhos em desejo e o teu corpo em fogo
E o meu corpo em desejo também ele
E os meus olhos, como as mãos e o pensamento
Longe de ti, dali e até de mim
E tantos olhos com a vontade que é só tua
Desejam também eles
Que o meu corpo ganhe vida pelo teu
E que pare o tempo de uma vez
Mas até ele está longe de mim
E só o meu corpo pára
E espero que venha uma mão
E desenhe nos meus olhos um caminho
E que na mão me leve ao que desejo
E espero, espero, espero

Espero que acabe este tempo de uma vez
Que rebente esta reserva em que me protejo
Das águas frias e das noites quentes
Dos olhares perdidos de vontade
E das mãos perdidas num corpo meu

E o que desejo hoje enquanto espero
É que a tua voz se faça ouvir em mim
De dentro de mim me escreva na pele
O calor de te saber em mim
Entre as notas desta música que podia ser nossa
E que toca infinitamente nos meus ouvidos
E que grito em desespero
Neste infinitamente só momento

Did I say that I love you
Did I say that I want to…

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.